domingo, fevereiro 17, 2008

Carlos A. Saraiva

.

Faleceu no passado dia 14 Fevereiro 2008 Carlos A. Saraiva, Jornalista e Director do Jornal de Oeiras.

Recebi a chocante e abrupta notícia através dum telefonema duma amiga, que mo tinha apresentado numa inauguração duma exposição, locais onde era frequente eu ver o Carlos sempre com a sua indispensável máquina fotográfica ao pescoço.


Dada a habitual presença de muita gente conhecida neste tipo de eventos e a confusão que sempre se gera, para além de breves cumprimentos nunca tive oportunidade de trocar algumas palavras com o Carlos.

Sinto que perdi muito. Sinto que teríamos muito a dizer um ao outro. Sinto que poderíamos ter partilhado muitas das nossas experiências. Ele, o jornalista, eu, o gráfico de jornais e revistas.

Recordo e recordarei sempre o enorme prazer que me dava ler a sua coluna semanal "Um Homem na Cidade" no jornal que dirigia.

Não me esquecerei também da última vez que o cumprimentei, na exposição/homenagem a Igrejas Caeiro, no Palácio dos Aciprestes, no recente dia 7 Fevereiro 2008. O sorriso afável, o olhar brilhante, o aperto de mão caloroso, a indicarem um homem bom em quem se podia confiar e acreditar.

Não vou esquecer o Carlos !

imagem - digitalizada do Jornal de Oeiras
.

3 comentários:

Isabel Magalhães disse...

J, Meu Querido Amigo;

Conforme escrevi no O.L. o Carlos VIVE no coração de todos nós. E, onde quer que esteja, vai continuar 'restless', de gravador e digital na mão.

Um abraço

I.

José David disse...

Tenho orgulho de ter sido amigo do Saraiva desde a escola primária.
Ainda me não conformei com a sua ida.
Nunca o esquecerei.
Viva o Saraiva!

José António disse...

.

Caro José David,

Em primeiro lugar obrigado pela visita e pelo comentário.

Não tive a felicidade de conhecer bem o C.S.
Foi-me apresentado poucos meses antes do desenlace fatal, e eu tinha-me habituado a cruzar-me com ele frequentemente em exposições, palestras e eventos de toda a espécie.
Foi por terceiros, amigos dele, que soube quem ele era verdadeiramente e aprendi a sentir admiração e respeito por ele.

Julgo que todos os que o conheceram vão sempre sentir a sua falta.

Dei um salto ao seu blog "Zé Pevides", do qual gostei imenso, e que coloquei nos meus favoritos pois espero a ele voltar mais vezes. No seu perfil li que gosta de História.

Talvez conheça, talvez não, o blog Espaço e Memória, da Associação Cultural de Oeiras com o mesmo nome. Pode aceder-lhe a partir do meu perfil ou clicando aqui.

Somos uma Associação que se dedica à História, com relevo maior para a história local de Oeiras.

Cumprimentos,
José António Baptista

.